Fabrizio Romano Battistoni

Biografia
1962 -13 obras de arte à venda

Sobre o artista

Nos anos noventa, Fabrizio Romano Battistoni voltou a se concentrar em sua carreira como artista visual depois de uma carreira como: - bailarino clássico, 1976-1992, colaboração com a arena di Verona (it), Comunale di Genova (it), Teatro dell'opera di Roma (it), Franco Zeffirelli no filme 'Traviata'; - coreógrafo assistente, cenógrafo, 1996-2004, cooperação com Peter van der Sloot e... Read moreNos anos noventa, Fabrizio Romano Battistoni voltou a se concentrar em sua carreira como artista visual depois de uma carreira como: - bailarino clássico, 1976-1992, colaboração com a arena di Verona (it), Comunale di Genova (it), Teatro dell'opera di Roma (it), Franco Zeffirelli no filme 'Traviata'; - coreógrafo assistente, cenógrafo, 1996-2004, cooperação com Peter van der Sloot e Vittorio Rossi como freelance, produções na Austrália, Canadá, Egito e Itália; -designer 2001-2005, em regime de freelance com fabricantes de engrenagens para motos, iniciando uma linha de produção própria. Em 1996 Fabrizio começou a pesquisar esculturas em ferro, borracha e fogo. Apesar de abstracta, a sua investigação partiu do corpo humano, do exterior com a colecção de fatos de motociclista novomoto, ao interior com séries de pinturas denominadas ‘fluidos’ e ‘brilhos’. Todas essas experiências podem ser rastreadas hoje na série "latitudes internas". Iniciada originalmente no final dos anos noventa e exibida publicamente com a única obra 'noli me tangere', essas tensões da tira de borracha têm evoluído nos últimos dez anos em privado, tornadas públicas novamente a partir de 2012. Para seus objetos (de parede) Fabrizio usa madeira e velhos pneus de bicicleta de borracha preta. Reciclando o presente e preservando o passado. Certamente o fato de ter nascido em Roma (it) influenciou sua produção artística. Claramente reconhecível na obra ‘annunciazione’ e reliquae em que ele reinterpretou os padrões clássicos da tríptica. Bem como no ‘limbo’ inspirado no óculo e na luz do ‘Panteão’ em Roma (it). Sua primeira impressão visual da infância relacionou-se à força com as ruínas. Não apenas como uma lembrança da erosão do tempo, mas também como uma testemunha das forças destrutivas da ação humana. Determinado por invasões e consequentes confrontos de culturas. Este último freqüentemente se confunde com a religião. Longe disso, ele acredita que um produto artístico deve ser esvaziado de qualquer significado religioso ou político que interfira na pureza de sua beleza. Dessa forma, a crença religiosa primária, o impulso original por trás da criatividade artística, abre espaço para algo mais durável e transcendente.

Trabalhos de artes

Filter Trabalhos de artes
  • Categoria
  • Preço
  • Estilo
  • Cor
  • Características
  • Galeria

Galeria featuring this artist